Saúde promove 3ª campanha sobre autismo

autismo

A campanha será aberta nos dias 5 e 6 de abril, às 19h, no anfiteatro da Universidade Paulista (UNIP)

O Autismo pertence a um grupo de doenças do desenvolvimento cerebral, conhecido por “Transtornos de Espectro Autista” – TEA.

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 18 de Dezembro de 2007, para conscientizar e informar as pessoas sobre o que é o Autismo e como lidar com a doença. No mês de abril a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Preto realiza a 3ª Campanha do Autismo.

A campanha será aberta nos dias 5 e 6 de abril, às 19h, no anfiteatro da Universidade Paulista (UNIP), na avenida Juscelino Kubitschek, com a jornada  “Autismos e seus Caminhos”. O evento será aberto à comunidade e direcionado aos profissionais de saúde e educação e áreas afins. A campanha promoverá atividades com objetivo de conscientizar a população e ampliar o conhecimento sobre esse problema, bem como terá o propósito de estimular a identificação e o tratamento precoce do autismo infantil.

No dia 8 de abril, haverá uma Sessão de Cinema Especial, no Shopping Iguatemi Rio Preto direcionado a crianças, adolescentes e adultos autistas e a seus responsáveis. De 11 a 13 de abril, das 19h30 às 21h30 teremos o 1º Simpósio de Autismo da OAB, organizado pela Comissão do Direito das Pessoas com Deficiência da OAB/SP-São José do Rio Preto e aberto ao público. No dia 23, no Shopping Iguatemi rio Preto, às 19h30, teremos o Workshop: Autismo e Família, realizado pelos CAPS Infantojuvenis do município.

Para finalizar o mês de abril, haverá a Caravana Acadêmica: Autismo – do Diagnóstico à Vida Adulta, direcionada aos acadêmicos de cursos de saúde e áreas afins.

 

O município conta um Centro Especializado de Reabilitação (CER II) e três CAPS infantojuvenis, que são os serviços de referência para o atendimento primário de crianças com autismo, encaminhadas pela Atenção Básica. “Contamos com a parceria da Funfarme/Famerp em um ambulatório para diagnósticos complexos”.